As principais curiosidades das florestas de eucalipto

florestas de eucalipto
Altas, bonitas, imponentes e chamativas. As florestas de eucalipto já são parte do cotidiano de inúmeros brasileiros, que, em grande quantidade, já passaram ao menos uma vez na vida perto de uma dessas concentrações de árvores. Essas florestas, no entanto, são permeadas por uma série de curiosidades que poucos sabem. Onde surgiu o eucalipto, como chegou ao Brasil, quais os usos mais comuns da sua madeira… são muitas as questões sem resposta no que diz respeito a essas plantações. Levando isso em consideração, e pensando em esclarecer todas as possíveis dúvidas sobre o tema, reunimos as principais curiosidades sobre as florestas de eucalipto.

Qual é a origem das florestas de eucalipto?

A árvore de eucalipto é do gênero Eucalyptos e, no total, já foram reconhecidas atualmente perto de 700 espécies diferentes dessa planta. São quase 20 as espécies utilizadas para fins comerciais por todo o planeta. O eucalipto tem sua origem na Austrália e na Tasmânia.

Quando o eucalipto chegou ao Brasil?

É difícil definir com certeza quando o eucalipto chegou ao Brasil. Entretanto, existem estimativas que nos ajudam a entender em qual época, aproximadamente, as florestas de eucalipto passaram a fazer parte do nosso país. Possivelmente, o eucalipto chegou primeiramente ao Rio de Janeiro em meados do século XIX. Os primeiros plantios, por outro lado, ocorreram posteriormente no estado do Rio Grande do Sul.

Quais são as vantagens do plantio de florestas de eucalipto?

Espécies de eucalipto, de maneira geral, crescem extremamente rápido e são surpreendentemente adaptáveis a diferentes climas e tipos de solos. Além disso, a madeira de eucalipto pode ser usada comercialmente de várias formas. É uma madeira que conta com altas taxas de produtividade e que proporciona baixos custos de produção. Dessa forma, o retorno do investimento é muito maior e a competitividade da madeira é acentuada.

Para quais finalidades a madeira de eucalipto pode ser utilizada?

Versatilidade é a palavra que define as florestas de eucalipto. As utilizações desse tipo de madeira variam desde a produção de papel e celulose, mais familiares ao público geral, até o uso em medicamentos, tecidos, cosméticos, etc. O eucalipto também é empregado para laminação e serrarias. Um outro uso muito importante acontece na produção de energia — por meio da biomassa de eucalipto. A biomassa, inclusive, faz parte do trabalho da Potencial Florestal, uma empresa do ramo madeireiro que trabalha com a produção de florestas e a comercialização da madeira em diferentes estados. Caso você tenha se interessado pelos esforços da Potencial Florestal, é possível entrar em contato conosco.