Sustentabilidade empresarial: o que é e porque adotar essas práticas

Empresa sustentável
Há 30 anos atrás, a discussão acerca dos impactos ao meio ambiente gerados pelo nosso sistema produtivo e de consumo começava a ser pautada. Assim, em 1987, debates encabeçados pela ONU culminam no  Relatório Brudtland ou Our Common Future. Nele, foi lançado o conceito de desenvolvimento sustentável, que nas próximas décadas resultaria na preocupação sobre sustentabilidade empresarial. Atualmente, essa discussão é essencial para atender às demandas da população em diversas partes do mundo. 

O que é sustentabilidade empresarial?

Para que um empresa seja considerada sustentável ela deve se desenvolver a partir de uma perspectiva consciente. Isso quer dizer, adotar práticas que respeitem o meio ambiente e a sociedade dentro de todo ciclo de produção. Segundo Guia para Sustentabilidade Empresarial divulgado pela ONU: “A sustentabilidade empresarial é imperativo para os negócios hoje em dia – essencial para o sucesso corporativo a longo prazo e para garantir que os mercados agreguem valor para a sociedade.”

O tripé da sustentabilidade

Para uma gestão sustentável é necessário delimitar uma estratégia ética, que integre aspectos econômicos, sociais e ambientais. Também conhecido como triple bottom line (People, Planet e Profit) esses três pilares sinalizam a necessidade das empresas se preocuparem não apenas com seu crescimento econômico, mas também com o planeta e com as pessoas. 

Entenda cada um deles:

1 – Social: refere-se ao capital humano como um todo, desde funcionários até impactos sociais. Assim, se baseia na adoção de práticas éticas, como o cumprimento da legislação trabalhista. 2 – Econômico: trata tanto da lucratividade da empresa, quanto do que é investido para o desenvolvimento da sociedade, como a geração de renda e empregos. 3 – Ambiental: refere-se ao impacto gerado ao meio ambiente pelos processos da empresa, como a emissão de gases poluentes e o destino dado ao lixo produzido. Dessa forma, uma empresa sustentável adota ações e políticas visando harmonizar esses três pilares. 

Sustentabilidade empresarial como vantagem competitiva

A questão do desenvolvimento econômico atrelado a métodos que não agridam ao meio ambiente é crucial nos dias de hoje. Por isso, os consumidores estão cada vez mais exigentes e conscientes em relação ao que consomem.  Ao mesmo tempo, o fortalecimento das redes sociais facilitou o poder do consumidor de gerar uma imagem positiva (ou negativa) da marca.  Hoje, a responsabilidade social corporativa é vista como uma vantagem competitiva de branding. Várias ações estratégias podem ser tomadas, como utilizar fontes de energia renovável, não gerar lixo ou respeitar as leis ambientais, por exemplo. Dessa forma, a sustentabilidade empresarial pode melhorar a posição da empresa no mercado, além de incentivar a inovação e diminuir os custos de produção.

Potencial Florestal

A sustentabilidade empresarial é foco no desenvolvimento de todos os processos da Potencial Florestal. Desde o cultivo das florestas de eucalipto até sua comercialização como tora de madeira ou biomassa. Para isso, utiliza tecnologia de ponta atrelada a produtos de base renovável, respeitando o ambiente e valorizando pessoas. Tudo isso, torna a Potencial ideal para parceiros que buscam um desenvolvimento consciente e sustentável. Veja como se tornar um parceiro aqui!