Conheça as características do eucalipto

caracteristicas do eucalipto - confira todas
Originário da Oceania, há registros de aproximadamente 730 espécies de eucalipto reconhecidas no mundo, apesar de que cerca de 20 tipos são utilizados para finalidade comercial. No Brasil, devido às características das madeiras, os gêneros mais plantados são: híbridos de E. grandis x E. urophylla, Eucalyptus saligna, Eucalyptus viminalis, Eucalyptus urophyllaEucalyptus grandis e, na região Sul, Eucalyptus dunnii e Eucalyptus benthamii, por conta de sua resistência a geadas. Uma curiosidade é que no Chile a espécie Eucalyptus regnans pode crescer até dois metros ao ano e chegar a mais de 100 metros de altura. Aqui, as espécies chegam a atingir, em média, 30 metros. De acordo com a Embrapa, há plantio florestal de eucalipto em todo território brasileiro. A região Sudeste (54,2%) concentra mais da metade das plantações, seguida pelo Nordeste (16,4%), Centro-Oeste (12,2%), Sul (11,8%) e Norte (5,5%). Dados do levantamento da Produção da Extração Vegetal e da Silvicultura 2017, divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e repercutido em veículos de imprensa especializados como a revista Globo Rural, mostram que apenas em 2017, o valor da produção primária florestal brasileira alcançou R$ 19,1 bilhões, 3,4% a mais que no ano anterior. A silvicultura respondeu por 77,3% desse total, ou R$ 14,8 bilhões. 

Principais usos do eucalipto

O eucalipto é uma importante matéria-prima. Seu uso advindo de florestas de replantio, em detrimento das florestas nativas, evita o desmatamento e consequências desastrosas para o meio ambiente.  Da extração de eucalipto das florestas plantadas derivam uma série de produtos. Os chamados in natura: lenha, toras, toretes, cascas e folhas; os semiprocessados: tábuas, ripas e celulose; e os processados: chapas de madeiras e papéis.  No segmento de papel e celulose o eucalipto é uma das espécies mais utilizadas. Do processo químico obtém-se a pasta celulósica bruta. Dessa matéria se deriva a produção de papel e embalagens.  Na construção civil a madeira de eucalipto é utilizada em vigas, caibros, colunas. Além disso é encontrada em componentes de acabamento como pisos, portas e janelas.  Na indústria moveleira o eucalipto é muito utilizado na fabricação de móveis para uso residencial ou comercial.  Na geração de energia a biomassa de eucalipto também desempenha importante papel: produz energia limpa e gera economia para o processo industrial. Com a queima da biomassa é possível extrair vapor para a geração de energia elétrica e também é derivada a fabricação de vários biocombustíveis.  Isso sem contar outras utilizações que incrementam a renda agrícola e contribuem para a sustentabilidade local: mel, própolis, geleia real e óleos essenciais (usados na indústria têxtil para produção de viscose; em produtos de higiene e limpeza; cosméticos e alimentos).

Principais benefícios do eucalipto

O plantio das Florestas de Eucalipto possibilita vários benefícios diretos e indiretos às propriedades rurais e suas comunidades.  Além do avanço econômico que a produção florestal proporciona, é possível citar outros benefícios na área ambiental e social, entre eles: – Melhora a qualidade do ar; – Diminuição de poluição sonora; – Aumenta a biodiversidade; – Equilíbrio natural no conforto térmico; – Redução da erosão; – Recuperação de áreas degradadas; – Melhora a vazão de mananciais hídricos; – Diminui a pressão em florestas nativas.

Principais vantagens ambientais das florestas de eucalipto

– O eucalipto retém menos água: As espécies de eucalipto retêm menos água do que árvores nativas com copas maiores, por isso diminui a intensidade da erosão na área.  Além disso, a água chega ao solo mais rápido, por conta do menor volume de folhas, o que diminui a evaporação atmosférica. As raízes do eucalipto não são maiores que 2,5 metros, não interferindo nos lençóis freáticos. – Menor consumo de água: Por ser capaz de absorver mais água na época de chuva e menos em época de escassez, as florestas de eucalipto também consomem menos água do que plantações de soja, arroz e cana-de-açúcar.  Estima-se que 1 litro de água produz 2,9 gramas de madeira, enquanto o mesmo volume resulta em 1,8 gramas de açúcar, por exemplo. Também é mais econômica do ponto de vista hídrico do que criações de avicultura e gado.– Habitat seguro para fauna e flora: Por sua obrigatoriedade de reservar parte da propriedade rural para reserva legal e área de proteção ambiental, a floresta de eucalipto proporciona um habitat seguro para o ecossistema local. O local torna-se abrigo, oferece condições de alimentação e reprodução. Já para os animais criados em sistema silvipastoril, o efeito da sombra do eucalipto aumenta o conforto e auxilia no potencial produtivo. – Reduz o carbono da atmosfera: Estudos apontam que 1 hectare de eucalipto absorve por ano 10 toneladas de carbono da atmosfera.  A absorção ajuda na diminuição da poluição, do aquecimento global e do efeito estufa. 

Principais vantagens econômicas das florestas de eucalipto

As florestas de eucalipto também são produtos rentáveis ao produtor, principalmente por causa do rápido crescimento, capacidade de adaptação a diferentes regiões e pelo uso diversificado da madeira. É atrativa, ainda, a alta produtividade de madeira, com custos menores e taxas mais vantajosas de retorno do investimento. Tais benefícios garantem às florestas de eucalipto alta competitividade de seus produtos, tanto no mercado interno como externo. Com o objetivo de oferecer a melhor performance em produção de florestas e comércio de madeira em tora e cavaco, a Potencial Florestal foi fundada por empresários do setor agroflorestal que têm como missão o desenvolvimento de produtos, atividades sustentáveis e excelência operacional. A empresa tem como principal negócio a produção de florestas plantadas de eucalipto, com base em planejamentos técnicos e econômicos de cada região e análise comercial. Tal planejamento engloba a espécie, tamanho da área, local da floresta plantada e seu potencial de comercialização de produtos, análise de preços, tecnologias e metodologias disponíveis, entre outros itens.  É de suma importância na implantação de florestas de eucalipto pois o retorno desse tipo de investimento ocorre em um tempo mais longo se comparado à maioria dos cultivos agrícolas.