Biomassa: utilizações na indústria

Biomassa: utilizações na indústria
 Para acompanhar o comportamento e o volume de consumo da nossa sociedade atual, a cadeia produtiva industrial precisou buscar fontes alternativas para geração energética, visando a economia de recursos e a sustentabilidade ambiental.  Nessa busca por recursos energéticos sustentáveis e renováveis, a biomassa passou a cumprir papel fundamental. Se tornando assim, uma alternativa ao petróleo e outras fontes esgotáveis e poluentes.  Com a queima da biomassa, é possível extrair vapor para a geração de energia elétrica. Também, é derivada a fabricação de vários biocombustíveis que abastecem uma infinidade de segmentos industriais. Dentre eles: construção civil, alimentícia, cosmética, automotiva e muitas outras.  Com o método correto de combustão e processos controlados, a geração de energia pelo uso da biomassa é considerada ecológica devido a compensação de emissão de CO2, o que não ocorre com a combustão de combustíveis fósseis, por exemplo.  O cuidado especial deve ser tomado com a origem da biomassa. Para que com isso, se possa  assegurar que ela seja proveniente de reflorestamento, evitando assim o desmatamento indevido.

Biomassa – aliada da indústria

 A cadeia produtiva de reflorestamento ganha significativa importância no mercado brasileiro.  Além das inúmeras vantagens socioambientais como diminuição do desmatamento, o uso da madeira de origem sustentável gera emprego e renda e colabora para o desenvolvimento econômico do país.  Segundo relatório de 2015 da IBÁ (Indústria Brasileira de Árvores), importante órgão do Sistema Agroindustrial Florestal, nesse período o segmento de florestas plantadas foi responsável por R$ 69,1 bilhões em geração do PIB nacional.  Da extração das florestas plantadas e renováveis derivam uma série de produtos: os chamados in natura. Dentre eles estão: lenha, toras, toretes, cascas e folhas; os semiprocessados: tábuas, ripas e celulose; e os processados: chapas de madeiras.  Isso sem contar a geração de energia pelo uso da biomassa que produz energia limpa e gera economia.   Altamente indicada para indústrias de pequeno a grande porte, a biomassa é utilizada em caldeiras, forns e demais sistemas de geração de vapor e energia em substituição ao gás natural ou gás GLP e óleo BPF.  Entre as vantagens da fonte alternativa estão o menor custo e inclusão do processo produtivo no status de ambientalmente sustentável. Um valor muito importante atualmente em termos de governança corporativa.

Potencial Florestal – a biomassa de origem segura

 A Potencial Florestal atua através de recursos e consciência ambiental para o fornecimento de madeiras provenientes de florestas renováveis e de qualidade para a produção de biomassa. E, seguindo todas as normas regidas pela ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas).  Ter a Potencial Florestal como parceiro da indústria é também vantajoso pela otimização logística. A empresa toma o cuidado necessário para que as matérias-primas da madeira, como as toras e biomassa, estejam próximas dos clientes e que haja otimização dos economia nos custos de transporte e manuseio dos produtos.